segunda-feira, junho 07, 2010

Rádio Macau - O Habito Faz o Monstro




amanhã talvez depois
Antes não
Prometo que hei-de pensar
Amanhã
Talvez tenha um plano ou dois
Ou talvez mais
Mas p'ra deixar passar
Um dia ou dois
Quem sabe mais
E porque não
Deixar o mundo
P'ra depois
De amanhã
Quando for
Há-de ser um mal menor
Mas até
Amanhã
Quanto menos aqui
Se disser melhor

Depois de amanhã talvez
Antes não
Tenho um plano mas é só
P'ra amanhã
Que mal há em atrasar
Um dia ou mesmo dois
Ou até deixar
A vida inteira
P'ra depois
De amanhã
Quando for
Há-de ser um mal menor
Mas até
Amanhã
Quanto menos aqui
Se disser melhor.

P'ra amanhã
Quando for
Há-de ser um mal menor
P'ra depois
De amanhã
Ha planos mas são
P'ra amanhã
Quando for
Hão-de ser um mal menor
Mas até
Amanhã
Quanto menos aqui
Se disser melhor.


...MAS EU DIGO...
...PORQUE NO MEU MUNDO QUEM MANDA SOU EU...

...há pessoas que não conseguem viver com a felicidade dos outros...andam a sugar-me a Paciência!!! um dia ela acaba...ai que suga sou eu!!!

...idealizar...


Significado de Idealizar

v. t.
1. imaginar: idealizar um futuro melhor para os filhos
2. ter ideias pouco realistas sobre algo ou alguém: idealizar uma mulher
Definição de Idealizar

Classe gramatical de idealizar: verbo transitivo
Conjugação do verbo Idealizar

* Infinitivo: idealizar
* Gerúndio: idealizando
* Particípio Passado: idealizado

Indicativo

*
Presente do Indicativo
o eu idealizo
o tu idealizas
o ele idealiza
o nós idealizamos
o vós idealizais
o eles idealizam
*
Pretérito Perfeito do Indicativo
o eu idealizei
o tu idealizaste
o ele idealizou
o nós idealizámos
o vós idealizastes
o eles idealizaram
*
Pretérito Imperfeito do Indicativo
o eu idealizava
o tu idealizavas
o ele idealizava
o nós idealizávamos
o vós idealizáveis
o eles idealizavam
*
Pretérito Mais-Que-Perfeito
o eu idealizara
o tu idealizaras
o ele idealizara
o nós idealizáramos
o vós idealizáreis
o eles idealizaram
*
Futuro do Presente do Indicativo
o eu idealizarei
o tu idealizarás
o ele idealizará
o nós idealizaremos
o vós idealizareis
o eles idealizarão
*
Futuro do Pretérito do Indicativo
o eu idealizaria
o tu idealizarias
o ele idealizaria
o nós idealizaríamos
o vós idealizaríeis
o eles idealizariam

Conjuntivo

*
Presente do Conjuntivo
o que eu idealize
o que tu idealizes
o que ele idealize
o que nós idealizemos
o que vós idealizeis
o que eles idealizem
*
Imperfeito do Conjuntivo
o se eu idealizasse
o se tu idealizasses
o se ele idealizasse
o se nós idealizássemos
o se vós idealizásseis
o se eles idealizassem
*
Futuro do Conjuntivo
o quando eu idealizar
o quando tu idealizares
o quando ele idealizar
o quando nós idealizarmos
o quando vós idealizardes
o quando eles idealizarem

Imperativo

*
Imperativo Afirmativo
o idealiza tu
o idealize você
o idealizemos nós
o idealizai vós
o idealizem vocês
*
Imperativo Negativo
o não idealizes tu
o não idealize você
o não idealizemos nós
o não idealizeis vós
o não idealizem vocês

Infinitivo

*
Infinitivo Pessoal
o para eu idealizar
o para tu idealizares
o para ele idealizar
o para nós idealizarmos
o para vós idealizardes
o para eles idealizarem

« idealista « idealístico « idealização « idealizar » idear » ideável » ideia »


...acho que andam a idealizar demais...
...deixem-me é viver...

...pesadelos...


"Eu tive um sonho ruim..." ( Herbert Vianna)


Acorda-me eu já não quero mais sonhar
Meus sonhos estão matando o meu presente
E eu já não consigo idealizar as soluções
Saber que toda essa perda de tempo
Irá apenas resultar-se em frustrações
Eu já nem ouço as frases
Que você apenas tenta completar
Porque já não acredito em nenhuma sílaba
E o som da voz já me expulsa
Mesmo sem dizer para eu ir embora
Eu já to cansado desses sonhos
Prefiria eu viver
Na minha madrugada negra
E cheia de solidão
Ela não me faz sentir nem ódio
E nem frustração
Porque os únicos sonhos que nunca se realizam
São exactamente aqueles que dependem
De uma 3º pessoa do singular
E fazer o plural com tamanho egoísmo
Torna-se impossível
E o que separa duas almas de uma vida
É o curto tempo de reflexão
Em achar que tudo o que está no futuro
É o que fará feliz
Não quero enganar
Apenas aprendi hoje em um livro

sexta-feira, maio 21, 2010

este hoje foi meu acordar matinal!!!

Close To Me


“As recordações são aquilo que nos aquece a alma.Mas também despedaçam o nosso coração.”

Haruki Murakami in, Kafka à Beira-mar

...sintomas...



Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Agora e sempre mais
Eu só quero que você ouça
A canção que eu fiz pra dizer
Que eu te adoro cada vez mais
E que eu te quero sempre em paz

Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem

Eu só quero que você caiba
No meu colo
Porque eu te adoro cada vez mais
Eu só quero que você siga
Para onde quiser
Que eu não vou ficar muito atrás





quinta-feira, maio 20, 2010

...aprende...


Ao longo de uma aula bem interessante sobre a psicossociologia do trabalho, descobri que usam os nossos sentimentos para atingir os objectivos patronais...
...descobri e sinto que isso é desumano e que cada vez mais deixamos de viver a nossa vida para viver a vida do patrão!!!
Dai que, apeteceu-me partilhar este pequeno, mas extenso texto de um homem que nasceu com dom de por os sentimentos na ponta da pena e passa-los para o papel...
Como é possível que algo escrito tão sabiamente há mais de 400 anos se enquadre tão bem hoje...

Dama Nocturna

vivam intensamente

***


__________________________________________________________


"Depois de algum tempo você aprende a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.


E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.


E começa a aprender que os beijos trocados não são contratos e que os presentes não são promessas.


E começa a aceitar as suas derrotas com a cabeça erguida e os olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio do vão vazio.

Depois de um tempo, você aprende que o sol queima, se ficar exposto por muito tempo.

E aprende que não importa o quanto você se importa, porque, algumas pessoas simplesmente não se importam...

E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa simplesmente perdoá-la por isso.

Aprende que falar, pode aliviar dores emocionais e ajuda muito também…
Mas escolha muito bem com quem possa trocar confidencialidades das suas intimidades pessoais. Cuidado! Nem toda a gente serve para seu confidente.

Descobre que se levam anos para se construir uma confiança em alguém e que demoram apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas num instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida...

Aprende, que verdadeiras amizades podem continuar a crescer, mesmo a longas distâncias. Vai descobrir amigos que até julgava serem seus inimigos.

E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.

Bons e verdadeiros amigos, são mais a própria família que nos permite escolher o caminho da nossa escolha e que só querem o nosso bem.

Você aprende que não temos que mudar de amigos, se compreendemos que os amigos mudam, percebe que o seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, porque pode ser a última vez que as vejamos.

E devemos fazer sempre isso, se possível cara a cara, porque uma conversa séria pode fazer muito por nós e ajuda-nos a compreender muita coisa.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.

Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas antes com o melhor que você pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é sempre muito curto.

E as coisas acontecem quando menos se espera ...

Aprende que não importa até onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve a partir daí.

Aprende que, ou você controla os seus actos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação; sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as consequências.

E tem momentos que o heroísmo não vale nada e você sabe que sendo sincero não passará a ser um cobarde por isso.

Aprende que paciência requer muita prática.

Precisa por vezes de anos de experiência para saber enfrentar situações muito complicadas, mas vai vencer de certeza se tiver coragem suficiente para enfrentar de frente a realidade...

Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai , pode até ser uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Será?

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve, e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.

Aprende que há mais dos seus pais em você, do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que os sonhos são não existem , porque poucas coisas são tão humilhantes e seria uma grande tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva, tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.

Deve-se pensar muito bem, antes de ofender quem quer que seja.

Vai descobrir que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente, não sabem como demonstrar, ou viver isso.

E esses podem até ficar para sempre a viver em sofrimento, como até você!

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo e também aos outros.

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será também em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços o seu coração foi partido, mas o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. É irreversível...

Portanto, plante o seu jardim e decore a sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que realmente pode suportar, que realmente é forte e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.

E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!

Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar."



William Shakespeare

eu não disse que voltava ;)


...um pedido especial para uma Nocturna muito chata...


o artista foi o meu amigo PR7

( http://deusadolar.blogspot.com/)

segunda-feira, maio 17, 2010

O Mundo em que vivemos...


Todos os dias somos confrontados com uma realidade obscura, essa mesma realidade que não queremos que exista mas que é a principal via deste mundo!
Olho em volta, e vejo pessoas, muitas nada me dizem, mas outras são-me bem próximas. Mas no fim, será que vemos as pessoas de diferentes maneiras?
O que me pergunto é se damos valor ao que temos? Será que conseguimos ver o que realmente possuímos, o que é essencialmente importante na nossa vida?
No nosso quotidiano, somos ensinados a ter valores, a fortalecer a nossa personalidade, mas pergunto-me para quê!
Nada me deveria assustar, no entanto, não é isso que acontece. Uma sociedade hipócrita, cínica e sem carácter algum, é o que me espera, um mundo para o qual não me ensinaram a reagir, nem a proceder, um mundo cheio de consumismo e futilidades sociais, um mundo com o qual não me identifico, apenas porque a minha natureza não o permite.
É frustrante ver como tudo se procede, olhar em volta e ver que nada é verdadeiro, que pessoas que penso conhecer podem não corresponder à ideia que possuo das mesmas!
Como eu gostava que tudo fosse como um conto de fadas... estas histórias que nos iludem e nos fazem sonhar!!
Mas como as fábulas só existem no nosso subconsciente, temos que aprender a lidar com este mundo falso! Será que as pessoas que respeitamos merecem o nosso respeito? Será que não têm uma dupla face? É tudo tão obscuro, tudo tão sinistro.
Pessoas que nada merecem, que nada valem e que no fundo temos que as respeitar somente porque esta sociedade nos impõe. É triste esta hierarquia, é triste um mundo regido de cunhas e não de trabalho e dedicação, é triste perceber que quem se dedica e trabalha nunca é reconhecido e nunca pode chegar mais além...

Então que via nos resta? Uma via imunda, cheia de sujidade e de caminhos esburacados!


Quem opta por esta via encontra geralmente uma solução, mas quem não o faz, só com muita sorte é que encontra a mesma dita solução. Como um barco à deriva, um barco sem rumo que se vai deixando levar, é assim que esta sociedade vê quem não suja as mãos, e no final ainda recriminam essas mesmas pessoas por não terem objectivos. Que vergonha!!


Mas um dia tudo muda, e quando perdemos algo é que lhe damos o seu verdadeiro valor. E este valor de pessoas justas e Nobres é muito elevado, e quando perceberam que já não as têm, irão derramar lágrimas ao vento, mas de que nada servem!


Porque o tempo não pára nem volta atrás.


Porque este mundo não é justo, nem igual para todos...


p.s. hoje deu-me para por uns riscos aqui...prefiro andar a deriva...mas porque eu escolhi...

prefiro deixar os caminhos esburacados para quem quer cair de vez...